quinta-feira, 21 de abril de 2011

Instituição da Eucaristia



São Mateus registrou no seu Evangelho este momento: “Durante a ceia tomou Jesus um pão, pronunciou a fórmula da bênção, partiu-o, e, dando-o aos discípulos disse: Tomai e comei; isto é o Meu corpo. Tomou depois um cálice, deu graças, e, passando-lho, disse: Bebei todos dele, porque isto é o Meu sangue do Testamento, derramado por muitos em remissão dos pecados” (Mt. 26, 26-28).
São Paulo na sua Primeira Carta aos Coríntios escreveu: “É que eu recebi do Senhor o que precisamente vos transmiti: O Senhor Jesus, na noite em que ia ser entregue, tomou um pão e, depois de dar graças, partiu-o e disse: Isto é o Meu Corpo, que é para vós; fazei isto em minha memória”. Depois de jantar, fez o mesmo com a taça, dizendo: “Esta taça é a Nova Aliança no Meu Sangue. Fazei isto, sempre que o beberdes, em Minha memória” (11, 23-25). S. Paulo com as palavras escreve:
“Fazei isto em minha memória”.
Jesus verdadeiramente está presente na Hóstia Consagrada. Jesus está realmente presente na menor fracção de uma Partícula Consagrada, em todos os sacrários do mundo. Ele apresenta-se escondido numa partícula de pão num pouco de vinho misturado com poucas gotas de água. Nesta simplicidade Ele esconde todo o seu poder e a sua divindade. A Eucaristia é a maior renúncia de Cristo, Verdadeiro Deus e Verdadeiro Homem.

Um comentário:


  1. Bom dia, Joel!

    A fuga dos hebreus foi o fim da escravidão de um povo.
    A escravidão equivale à morte, escravizar equivale a tirar a vontade e a
    alma de alguém, equivale a tirar sua vida.

    Se libertar da escravidão é viver de novo, é
    renascer, é estar sempre começando tudo de novo.
    Por fim, JESUS é a ressurreição.
    Quer prova mais clara do que digo?
    Este eterno milagre que nos encanta é o milagre da vida que a Páscoa nos
    relembra.

    A Páscoa é a ressurreição das nossas almas.
    Este é o tempo de renascer, começar tudo de novo.
    Tempo de nos libertamos do mal que corrompeu nossas almas e nos recobrirmos com o véu da pureza da alma que tivemos um dia.

    Abandonar tudo o que é velho e antigo e olhar pra frente com coragem.
    Dedicarmos-nos à vida como quem sorve o sumo de um fruto saboroso.
    Este é o tempo do nosso coração ressuscitar. E de nós ressuscitarmos para a vida em abundância.

    Deixo-lhe um vídeo:

    http://www.youtube.com/watch?v=ImSNKr_Xndc


    Nós, do blog Yehi Or, lhe desejamos uma linda Páscoa para você e todos os seus.

    Deus seja contigo.



    http://hajalluz.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Palavra em mim agradece, pois seu comentário é muito importante para a nossa caminhada dialógica.
Obrigado!